Sessões

Devo optar pela Cura Reconectiva ou pela Reconexão?

Muitas vezes, as pessoas me perguntam qual sessão eu sugiro que elas façam, a Cura Reconectiva ou a Reconexão. As duas são fantásticas e, sinceramente, recomendo experimentar as duas!! No entanto, essa escolha, em geral, é muito pessoal e deve ser guiada pelo propósito de cada uma delas: para a Cura Reconectiva, harmonia e equilíbrio físico, emocional, mental, energético, espiritual, e para a Reconexão, evolução. Então, sempre digo para sentirem qual delas ressoa em seus corações ou, como prefiro dizer, qual delas faz cócegas no coração! Nosso corpo sabe exatamente aquilo que necessita a cada momento e nosso coração (centro cardíaco ou chakra cardíaco) traz a resposta.

coerência cardíacaExiste uma sugestão de que, antes da Reconexão, a pessoa experimente pelo menos uma sessão de Cura Reconectiva, para que ela se familiarize com as frequências, antes de aprofundar-se mais no trabalho. Essa sugestão é bastante interessante, mas não é uma regra. Portanto, sinta o chamado em seu coração! Ele saberá a melhor hora de experimentar cada uma delas.

Excepcionalmente, caso a pessoa esteja lidando com algum desafio maior de saúde, aí sim, a escolha deve ser pela Cura Reconectiva, que tem exatamente o propósito de restaurar nosso estado natural de equilíbrio. Recuperada a harmonia, seguimos a trilha da evolução e a Reconexão já pode ser realizada!

Quantas sessões de Cura Reconectiva eu preciso fazer? E o que acontece durante uma sessão?

“Tudo o que você está fazendo é interagir com as energias para permitir uma mudança na outra pessoa. Não está tentando dirigi-la, concentrá-la, suavizá-la, ou mudar sua cor ou frequência vibratória. Está apenas brincando com ela e desfrutando da sua evolução”. Dr. Eric Pearl

Em geral, precisamos apenas de 1 a 3 sessões de Cura Reconectiva. Mas, como nossa vida é dinâmica e a Cura visa reequilibrar-nos, essas sessões podem ser repetidas ao longo da vida, sempre que necessário. O que não deve ser feito, até por sua total falta de sentido, é utilizar-se da Cura Reconectiva como um tratamento contínuo, com sessões ininterruptas, sejam semanais, quinzenais ou mensais. Não faz sentido porque não estamos “recebendo” energia durante a sessão, de forma que quanto mais sessões, mais energia estaríamos recebendo.

o campoO que acontece durante a sessão é uma troca de luz e informação, uma interação, silenciosa e sem toque, tanto do profissional quanto do cliente, com o campo de frequências reconectivas que está a nossa volta. Na verdade, estamos “mergulhados” nesse campo! E três sessões costumam ser suficientes para o nosso corpo entrar em sincronia ou ressonância com esse campo.

No entanto, excepcionalmente, caso o cliente esteja experimentando uma melhora clara, reconhecível e consistente ao longo das primeiras três sessões e sinta que ainda pode ir um pouco mais além, podem ser realizadas mais que três sessões consecutivas.

É interessante notar também que existe uma tendência da terceira sessão ser a mais forte. Porém, mais uma vez, não é uma regra. E é o próprio cliente que deve sentir se necessita ou se gostaria de receber outra sessão ou não, e definir o intervalo entre as sessões. Por experiência, no entanto, observa-se que quando o intervalo entre as sessões é de uma semana ou menos, os resultados são mais consistentes.

E como você saberá se necessita de outra sessão? Siga sua intuição, sua vontade, ouça o seu corpo!

Nos casos em que o desequilíbrio de saúde é evidente, fica mais fácil. O próprio desequilíbrio é um termômetro, muito embora nem sempre a cura que imaginamos ou desejamos é a cura que o universo tem reservada para nós!! Lembre-se que a Cura Reconectiva está focada em equilibrar a PESSOA e não em curar a doença “x” ou “y”. No entanto, o “efeito colateral” desse reequilíbrio pode muito bem ser a cura da doença!! Mas, somente um profissional de saúde habilitado poderá realizar um diagnóstico. Por isso, nunca interfira num tratamento médico, psicológico ou qualquer outro, sem a avaliação de um profissional especificamente habilitado para isso.

“Acredito que todos recebem uma cura – se bem que não necessariamente a que esperavam.
Reconhecendo que “curar” significa reconectar-se com a perfeição do universo, compreendemos que o universo sabe o que precisamos receber e o que iremos ganhar como resultado disso. A questão é: aquilo de que precisamos pode nem sempre corresponder ao que esperamos ou pensamos querer”.

Assim, “o trabalho dos pacientes reduz-se a abrir-se às energias de cura e aceitar o que vier. E alguma coisa virá. Só que pode ser uma surpresa”. Dr. Eric Pearl

E como se dá o reequilíbrio?

em-estarO campo de frequências reconectivas possui um padrão de vibração altíssimo, harmônico, coerente e organizador. E por ressonância, entramos em sintonia com esse campo. Você já ouviu falar que ao colocarmos vários relógios de pêndulo em uma sala, em pouco tempo, todos eles estarão sincronizados? Este é mais ou menos o princípio da ressonância, pelo qual o padrão de vibração do nosso próprio corpo, antes desarmônico, se elevará, sendo “puxado” pelo padrão vibratório harmônico e mais elevado do campo de frequências reconectivas, equilibrando o que estiver caótico em nós, sejam questões físicas, emocionais, mentais, energéticas, etc.

O que devo fazer e o que esperar de uma sessão?

Na prática, o cliente permanece deitado (se o ambiente ou a situação não permitirem, não há problema), com os olhos fechados, simplesmente observando a si mesmo, testemunhando, sem julgamentos, qualquer sensação física, som, aroma, sabor, emoção ou pensamento que podem ou não ocorrer. Se algo diferente lhe chamar a atenção, observe, se nada lhe chamar a atenção, observe, já que a interação com as frequências, muitas vezes, é perceptível ou quase palpável, podendo também ser bem sutil ou mesmo, imperceptível. A percepção externa não é um indicador da cura, que decorre da simples interação com as frequências, a qual ocorre a nível molecular.

Gosto de definir a sessão como uma experiência de profundo bem estar, relaxamento e encontro com o que há de mais profundo e essencial em cada um de nós. No entanto, também pode ocorrer de não relaxarmos durante alguma sessão em particular. E aqui, é importante ressaltar que, dificilmente, uma sessão será igual à outra. Cada uma é única em si mesma. Eu mesma já experimentei uma sessão em que minha mente não parou nem por um segundo, não relaxei, ao contrário, estava ansiosa para que a sessão terminasse. Nesse mesmo dia, vivenciei a cura repentina de uma forte gripe, com quadro de infecção bacteriana das vias aéreas. Assim, apesar de não poder garantir nenhum resultado em particular, o que posso garantir é que você estará totalmente imerso nas frequências reconectivas, por todo o tempo em que estiver na maca, com o trabalho em andamento.

Durante a sessão, quanto mais o cliente tentar interferir ou direcionar o processo, seja com o pensamento focado nos resultados que queira alcançar, seja com orações, meditação, respiração especial, visualizações, mantras, etc., MENOS eficiente será a sessão. A melhor maneira de abrir-se para a cura é manter-se num estado de observação, sem expectativa ou apego a resultados.

E como às vezes as pessoas percebem algum aroma durante a sessão, evite usar perfumes ou produtos com fragrâncias, para que a experiência seja preservada em sua integridade.

Qual a duração da sessão? Há algo que possa interferir nela?

Uma sessão levará em torno de 60 minutos, dos quais 30 minutos serão na maca. Mantemos a roupa do corpo, não sendo necessário nenhum tipo especial de roupas. Também não é necessário retirar objetos, metais, nada. Apenas mantemos os celulares no modo silencioso e sem vibração, para que o seu ruído não perturbe a experiência do cliente durante a sessão.

O que pode interferir e diminuir os efeitos de uma sessão de Cura Reconectiva é a inclusão e mistura de técnicas diversas. Essas novas energias funcionam em frequências vibracionais únicas e não se beneficiam da mistura com muitas outras frequências. O processo, tal como foi concebido, é simples e completo em si mesmo.

Desapegar-se dos resultados também é importante, pois o excesso de expectativas pode atrapalhar o processo. Como diz o Dr. Eric Pearl, “as pessoas estão muito apegadas ao resultado – e é esse apego que interfere, se é que interfere. Um apego é uma constrição, e uma constrição corta o fluxo daquilo que você gostaria que chegasse”.

O que devo esperar da cura e quanto tempo leva para ela acontecer?

A cura pode ser marcante ou sutil, imediata ou percebida ao longo do tempo.

Para sua melhor percepção, é recomendado não se fazer uso de terapias energéticas alguns dias antes e depois do seu atendimento.

É interessante notar como em alguns casos, os clientes percebem que algo mudou, mas não conseguem definir de imediato o que foi. Em outros, vão percebendo mudanças de comportamentos na medida em que vão vivenciando as situações em suas vidas.

harmonia feng shui4O fato é que o processo segue desdobrando-se após as sessões, e seus efeitos tendem a ser permanentes.
Provavelmente, uma sessão de Cura Reconectiva, seja presencial ou à distância, será diferente de tudo que você já vivenciou antes. Experimente!!

Para agendar a sua sessão, escreva para: adriana@AdrianaClementino.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s